Redução de custos com TI (e porque você TEM que se preocupar com isso)

Tecnologia da Informação (TI). Chega a ser um termo bonito para uma era que estamos vivenciando nos dias de hoje, com uma velocidade de crescimento e importância quase que exponencial.

Em meio a tantas informações disponíveis, e com o aumento da nossa necessidade de cada vez mais termos estas de forma ágil e concisa, as empresas tem que passar a se modernizar e caminhar nesse sentido.

Umas das primeiras formas (e que todos pensam de primeira) é a eliminação do papel, seja das mesas de escritórios ou de imensos maços de relatórios e mais relatórios. Implementando fluxos de comunicação por softwares e e-mails já diminui e muito o tempo necessário para este tráfego de informações, reduzindo o custo homem/hora (por não perder tempo), e a aumenta a produtividade.

Outra forma de reduzir os custos é utilizando um software ERP ou outro software de gerenciamento. Construir uma estrutura onde todo o processo de negócio fica centralizado em um único lugar, não espalhado em pastas/planilhas/arquivos é, e digo sem dúvida, o caminho mais rápido. Mas não pense que esta redução virá logo com o começo da mudança (vou entrar em detalhes em instantes).

Também temos, intimamente ligada ao motivo supracitado, o que chamamos de virtualização. Manter uma estrutura computacional grande na empresa (servidores e computadores clientes) custa, além da manutenção das máquinas, energia elétrica, refrigeração (no caso de servidores), os softwares, segurança e licenças de uso das ferramentas instaladas. Usando um ambiente virtualizado e de nuvem, podemos cortar todos estes custos reduzindo para somente o valor da licença do software, ou do aluguel dos servidores, passando todos os gastos citados para a prestadora de serviço.

Ao trabalharmos também com virtualização de ambientes, tiramos a responsabilidade de termos um local físico para trabalho, e podemos implementar a cultura de Home-Office. Além da vantagem de ter o seu espaço customizado, o Home-Office faz com que a empresa, além de ter liberdade de contratar um funcionário e não ter que alocá-lo com equipamentos e espaço, os custos sejam assumidos pelo funcionário, podendo até pagar um valor extra pelo trabalho prestado.

Mas se ainda assim a empresa tiver a necessidade de ter o funcionário in loco, é possível aplicar uma outra alternativa, o chamado Bring your own device (BYOD), ou em português o traga seu próprio dispositivo. As pessoas hoje estão cada vez mais conectadas, e permitir que as pessoas tragam seus dispositivos pessoais para acessar os serviços da empresa pode ser uma forma de baratear os custos. Vamos pensar na situação que um vendedor que trabalha para a empresa precisa realizar vendas externas, e ele já tem um smartphone dual chip que se encaixa corretamente nos requisitos do software da empresa. Permitindo que ele utilize o próprio celular, a empresa tira a necessidade de pagar por um aparelho, e também ajuda o funcionário a carregar menos equipamentos junto com ele, aumentando a segurança.

Mas, é possível implementar tudo isso e já ter esta redução a curto prazo de forma que eu já possa lucrar com isso? Simples e direto, não.

Os custos desta mudança de visão incialmente são altos, principalmente se levarmos em consideração a implantação e treinamento das equipes. Mas colocando na “ponta do lápis”, e pensando a longo prazo a redução dos valores é muito interessante. Além disso, é possível diminuir um pouco o custo de software inicial. Hoje existem “n” soluções com os mais variados custos em nuvem, e também inúmeros provedores de soluções que podem auxiliar nesta escolha.

E além mais do que a redução de custos para a empresa, a TI pode auxiliar a sua empresa a ser mais responsável com o meio ambiente, diminuindo lixo e consumo de papel e energia elétrica.

Que tal conhecer nosso ERP na nuvem, e começar com suas reduções de custo?

E também, leia sobre as vantagens de ter uma empresa 100% online, isso pode te ajudar a mudar de ideia

clip_image002The Reviewer (Felipe Raymundo)

Analista de sistemas e autor do blog, as vezes pensa que é jogador profissional, mas sempre morre para os iniciantes. Por isso ele só joga RPG ou é “mochilado” pelos companheiros de equipe.

Compartilhe...

1 thought on “Redução de custos com TI (e porque você TEM que se preocupar com isso)

Deixe um comentário